30 de abr de 2016

Desafio das 52 semanas #17

Não conhece o desafio? Clique aqui! ;)


Tema da Semana:
~ * ~
Personagens cuja vida eu gostaria de viver por um dia:*


1. Lúcia Pevensie, de As Crônicas de Nárnia. Precisa explicar? A Lúcia é uma das minhas personagens preferidas das Crônicas, e só assim mesmo pra finalmente conseguir chegar em Nárnia - já cansei de xeretar meu guarda-roupa, e até hoje nada. ;)

2. Sophie Beckett, do livro Um Perfeito Cavalheiro. Meu livro preferido da série dos Bridgertons, da Julia Quinn. Quase um conto de fadas possível de acontecer na vida real. (Bem, na verdade em um livro de ficção de época, mas enfim, cês me entenderam, né?) Sophie vive uma história cheia de dramalhões, segredos, revelações bombásticas... ela é aquela mocinha que até certo ponto só se dá mal, mas quando as coisas dão certo, elas dão certo pra valer. E o Benedict faz um cosplay perfeito de príncipe-encantado-porém-não-chato, só digo isso. #Quero #CinderelaFeelings xD

3. Jill Valentine, de Resident Evil. Porque ela é f#da, destemida, corajosa, encara zumbis, monstros, vilões, explosões de bomba, simplesmente QUALQUER COISA. Nada é páreo pra essa mulher. E isso, é claro, sem deixar de ser totalmente gata nem por um segundo. A Jill é poderosa! \o/

4. Jamie Sullivan, de Um Amor Para Recordar. Porque ela é uma das poucas personagens certinhas (inclusive, certinha de um jeito que eu jamais conseguirei ser) que não é uma tremenda chata. Além do mais, só assim pra se conseguir um Landon na vida, né, migas...  ;) (#spoiler só dispenso a parte de ficar doente, claro)

5. Ariel, do filme A Pequena Sereia. Porque, além de ser uma das minhas princesas da Disney preferidas, ela é uma sereia. E deve ser da hora ser sereia por um dia! ;) Mas deixando claro que só por um dia mesmo, mais que isso já não deve ser tão da hora assim, haha...

- Lista feita meio no improviso e sem pensar muito, porque olha, se eu fosse tentar lembrar de todos os personagens incríveis que já "conheci" e de quem adoraria adoraria roubar uns momentinhos, eu ia passar um mês sentada na frente desse computador sem conseguir escolher. :P

* A parte do "um dia" não é pra ser encarada de forma literal, é? Porque, de alguns desses personagens aí, eu queria bem mais que um mísero diazinho, haha! :P

23 de abr de 2016

Desafio das 52 semanas #16

Não conhece o desafio? Clique aqui! ;)


Tema da Semana:
~ * ~
Isso, para mim, não é diversão.


1. Ir à praia. A essa altura vocês já cansaram de saber que praia não é a minha praia, né? :P

2. Beber. Não gosto de bebida alcoólica, nunca tomei um porre, e nem pretendo. Não consigo entender que graça as pessoas vêem beber até cair... Pra ficar fazendo besteira por aí? Não, obrigada. ;)

3. Ir a um bloco de carnaval. Som alto estourando os tímpanos, aquele monte de gente (provavelmente bêbada) aglomerada se acotovelando, um mar de xixi nas ruas, caras folgados sendo inconvenientes... como as pessoas conseguem se divertir no meio disso é realmente uma incógnita pra mim. :P

4. Ouvir música alta. Eu odeio som alto. Pode ser a minha música preferida: se o som estiver alto demais, vai me tirar do sério. Quem foi que inventou que pra ouvir música precisa colocar o som nas alturas, afinal? ¬¬'

5. Assistir lutas. Qualquer tipo de luta. Pode ser UFC, briga em um filme de ação, ou até - Deus me livre! - brigas de/com animais. Tenho verdadeira aflição! (E no caso das rinhas, touradas e afins, é ódio mortal mesmo por fazerem isso com os bichos...) Nunca vou entender que graça as pessoas vêem nessas coisas. :S

16 de abr de 2016

Desafio das 52 semanas #15

Não conhece o desafio? Clique aqui! ;)


Tema da Semana:
~ * ~
O que há de pior no mundo virtual?


1. Ódio. Eu ainda me impressiono com a quantidade de ódio que circula na internet - às vezes por coisas relevantes, mas em muitos casos, pelos motivos mais imbecis. As pessoas realmente perdem a linha, falam coisas que, tenho certeza, jamais falariam cara a cara com alguém. Tem gente que você vê destilando ódio na rede e nem se espanta, mas quando até a tiazinha pacata lá da igreja aparece cuspindo fogo no Facebook, você pára e se pergunta: a que ponto chegamos? Menos ódio e mais amor, gente. O Felipe já falou bastante lá no blog dele sobre o ódio que circula... vamos parar de alimentar isso, e deixar a internet um lugar mais de boas? ;)

2. Chatice. Nossa, eu não sei se as pessoas sempre foram chatas assim, ou se a internet e as redes sociais apenas potencializam a chatice que há em cada um de nós. É um tal de postagem sem noção, de mimimi, de desinformação, de oversharig, de flood de coisa chata... e por aí vai. Fora que, né: parece que hoje em dia TODO MUNDO tem que ter uma opinião sobre absolutamente TUDO - de fato, tem uma galera que parece se achar PhD em QUALQUER ASSUNTO; e claro, essa opinião precisa ser compartilhada com o mundo, mesmo que - olha só que coisa - NINGUÉM QUEIRA SABER. E se alguém discordar então, MEU DEUS, é a terceira guerra mundial! (E cá estamos nós quase voltando pro primeiro item dessa lista... socorro!)  :/

3. Falsas impressões. Quem aí já passou por um dia ruim, e quando entrou em alguma rede social teve a impressão de que a vida de todo mundo é um comercial de margarina enquanto a sua é uma bosta? Restaurantes! Viagens! Namoros! Casamento! Social com ozamigo! PÁ, NA SUA CARA! Eu disse no outro post que não vejo nada demais em compartilhar momentos legais (e não vejo mesmo), mas que às vezes isso causa uma impressão equivocada, isso é verdade... E tem gente que realmente se deixa levar por essas falsas impressões e fica lá infeliz, achando que só ele tem problemas. Dica: todo mundo tem. As pessoas só não explanam nas redes sociais. É como já nos dizia Jout Jout: TÁ TODO MUNDO MAL;)

4. Desinformação. A quantidade de notícias falsas e boatos que circulam pela internet é gigante, o que me irrita profundamente. Nunca vou entender o que leva alguém a deliberadamente criar um hoax e espalhar pela rede... E também nunca vou me conformar com o número absurdamente grande de pessoas que saem compartilhando qualquer baboseira sem conferir a veracidade antes. É SÓ DAR UM GOOGLE, GENTE, É TÃO DIFÍCIL ASSIM? Ainda bem que temos o E-farsas pra nos ajudar...

5. Gente mal intencionada. O que tem de gente mal intencionada na web não tá no gibi. Vírus, roubo de informações, exposição, cyberbullying, crimes virtuais, spam, plágio... tem muita coisa ruim por aí, infelizmente, e todo o cuidado é pouco. :/

9 de abr de 2016

Desafio das 52 semanas #14

Não conhece o desafio? Clique aqui! ;)


Tema da Semana:
~ * ~
Meus sites preferidos na internet:


1. Twitter. Melhor rede social. Quando o Twitter se junta pra falar sobre algum assunto, é bom demais: os melhores debates, os melhores comentários, e claro, as melhores piadas e memes. Sem falar que no Twitter você pode falar sozinho sem parecer ter um parafuso a menos - sim, porque não necessariamente alguém vai interagir com seus tweets, e tá tudo bem com isso. ;)

2. Youtube. Acho que não sei mais viver sem o Youtube. #exagero :P Me salva do tédio... Tem muita coisa ruim no site, mas também tem muito conteúdo bom, interessante e diversificado. Hoje em dia com certeza assisto mais Youtube do que televisão, por exemplo.

3. Instagram. Eu posto menos no Instagram do que gostaria, por motivos de: minha vida não é tão interessante assim... além do mais, a câmera do meu celular também não coopera. ;) Mas curto bastante a rede social.  Se você souber escolher direitinho, fica com uma TL cheia de fotos legais pra encher a vista. E daí que todo mundo só posta foto do petit gateu e nunca do miojo? Foto da praia, e não do dia que tava desentupindo a privada? Foto da janela do avião, e não da janela do busão no meio do trânsito na hora do rush? :P Porque, afinal: qual é o problema em compartilhar momentos legais em fotos bonitas? Super aprovo. ;)

4. Agregadores de feed e conteúdo. No momento, uso o The Old Reader, e de vez em quando o Pocket. Uma das melhores coisas que inventaram na internet. Uso menos do que antigamente, nos meus tempo áureos (?) de blogueira do Coisas Minhas, mas ainda gosto bastante. Na hora do tédio, é só futucar o por lá que quase sempre tem alguma coisa interessante pra ler. ;)

5. Skoob, Filmow e Orangotag. São três, mas entram na mesma categoria. Se não fosse por esses sites, eu ficaria completamente perdida no meio dos meus livros, filmes e séries. :)

- Acho que vai ser interessante olhar essa lista daqui a algum tempo, porque olha, do jeito que a internet muda, no futuro ela teria grandes chances de estar totalmente diferente... ;)

3 de abr de 2016

Desafio das 52 semanas #13

Não conhece o desafio? Clique aqui! ;)


Tema da Semana:
~ * ~
Fico sem graça quando...


1. Estou no meio de gente apenas conhecida. Obviamente lido bem com amigos chegados, e com desconhecidos, bem, quem liga? A gente nunca mais vai ver aquelas pessoas, mesmo... Mas com conhecidos a coisa complica, porque são pessoas que você vai acabar encontrando de novo várias vezes, mas que provavelmente não te conhecem o suficiente pra te entender certinho; daí que sempre acho que estou falando a coisa errada, ou agindo de forma errada, ou passando a mensagem errada, e por aí vai. É difícil ser eu mesma com meros conhecidos, e não importa o que eu faça, sempre fico meio sem graça perto deles. :S

2. Viro o centro das atenções. Detesto a sensação de ter pessoas prestando atenção em mim. Quer me deixar querendo cavar um buraco para me esconder dentro dele? Me transforme no centro das atenções de alguma conversa. Sério, muda o foco: fala do clima, de política, de física quântica, da espinha enorme que nasceu no seu nariz, mas não foca em mim, não, por caridade...! /o\

3. Interajo com pessoas da minha idade. Essa eu sei que é bem esquisita, mas quase sempre acontece. E quanto maior o grupo de pessoas, mais sem graça eu fico. Com homens, o negócio piora. E se forem homens bonitos, então, Deus me livre, é um pesadelo! :P A verdade é que, por alguma razão obscura da minha psique que não queremos analisar nesse momento, pessoas da minha idade me intimidam. Mas, por outro lado, me coloca pra conversar com velhinhos, pra você ver...! Amo, melhores pessoas pra conversar. ;)

4. Fico com calor. Sim, porque geralmente eu suo muito, fico com a cara vermelha igual a um tomate, fico sem fôlego.... De verdade, se você me encontrar em algum momento em que eu esteja realmente com calor, você vai entender o motivo de eu ficar sem graça, porque acredite: não é um quadro bonito de se ver. :P

5. Recebo elogios. Profundamente clichê, mas é a mais pura verdade: não sei lidar com elogios. Qualquer resposta a um elogio me parece errada: se agradeço, acho que pareço convencida; se desconverso, parece que tenho problemas de auto-estima; se só dou um sorriso, acho que pareço metida. Socorro, não tem reação certa pra elogio...! Como vocês lidam com isso, caros leitores, pelo amor de Deus? :P